Buscar
  • Engª Caroline Brockveld

ESPESSURA DE LINHAS EM DESENHOS TÉCNICOS

Meu primeiro certificado na área de projetos foi de Desenhista da Construção Civil em 2011, mas minha mãe conta que quando eu fazia desenhos não gostava de pintar, nascia aí a desenhista técnica!


Brincadeiras à parte, os desenhos técnicos possuem diversas regras (e normas) que foram criadas com o objetivo de facilitar a interpretação e compreensão deles.



E hoje vou falar sobre as espessuras das linhas: A NBR 8403/1994 define 10 tipos de linhas e respectivas espessuras que devem ser utilizadas, resumidamente elas funcionam da seguinte maneira:

- Quanto mais larga a linha, maior a “importância” ou “resistência” do item/material.

Exemplo 1: contorno de um pilar de concreto deve ser mais grosso que contorno de paredes de alvenaria.

Exemplo 2: contorno de móveis deve ser mais finos que contorno de paredes.

- Linhas contínuas representam contornos visíveis, linhas tracejadas representam contornos não visíveis, como por exemplo a projeção da cobertura (a espessura da linha tracejada também deve ter alterações).

- Cotas, indicações de cortes e hachuras devem ser desenhadas com espessura mais estreita para diminuir a poluição visual.

- As espessuras devem variar entre 0,13 e 2,0 mm e devem ser mantidas para todos os desenhos na mesma escala.


No desenho à mão, essas espessuras são controladas com a utilização de diferentes lapiseiras, grafites e intensidades na força da mão na hora de desenhar. Interessante esse mundo dos desenhos né?

#engenharia #desenho #tecnico #construçãocivil #engenheira #projeto

0 visualização

©2020 por Broka Projetos com Wix.com